Gafes são sinônimos de viagens. Exageros na hora de gastar dinheiro, de se comunicar, de tirar foto. Mas não se chateie. Todo turista é um jacu.

Este vídeo tem a participação especial da Silvia Oliveira, do blog Matraqueando, jornalista especializada em viagens. Ela, assim como eu, ama viajar, e já cometeu diversas gafes mundo afora.

Eu, por exemplo, admito que sou um deslumbrado. Viajar é sempre a realização de um sonho, um projeto acalentado durante todo o ano. É meu principal objetivo de vida, razão para eu trabalhar tanto.

Certa vez, em Auckland, na Nova Zelândia, encontrei um grupo de brasileiros totalmente embasbacados pela viagem. Uma das mulheres era a típica perua brasileira. Falava alto, gesticulava e veio falar comigo no inglês típico de turista. Pediu-me que tirasse fotos do grupo. Eu tirei, em silêncio. Ao final, quando ela me agradeceu, respondi em português. Ela corou de vergonha, mas eu a confortei dizendo que fazia exatamente o mesmo.

 

GAFES NO EMBARQUE, DURANTE E APÓS O VOO

Problemas com a mala, ansiedade na hora de embarcar, levar mais bagagem de mão que o permitido. Todo mundo já pagou um mico desses. A Silvia conta que os museus de cera são o lugar perfeito para a gente exteriorizar o nosso lado jacu. Eu fiz foto chutando a bunda do Justin Bieber, andando na cadeira do ET. Também já segurei a Torre Eiffel e caí no choro ao ver as plantações de tulipas na Holanda.

Até agora, não tenho o pau de selfie no currículo. Novamente a Silvia vem nos salvar, dizendo que ele é um excelente instrumento de trabalho. O problema, diz ela, é o exagero nas fotos, no egocentrismo do turista que mostra a si e esquece de revelar detalhes do lugar.

Outro detalhe: se você também acha a comida que eles oferecem no serviço de bordo pouca, você não está sozinho!

Carpe diem.

2 Comentários

  1. Cynthia disse:

    Silvia, sou sua fã. Tio, parabéns por entrevistar uma pessoa tão interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.