Pequenas vitórias estimulam nossa mente a projetar novos desafios para e nos dar a sensação de que somos capazes.

Sempre nos deparamos com um desafio, um projeto, um sonho. Nessas ocasiões, imaginamos que, pelas mais variadas razões, pode ser muito difícil de ser atingido.

Ocorre, porém, que para chegar ao fim de um percurso, para atingir o topo de uma montanha, há que se percorrê-la. Marina Lima, inclusive, diz numa música que “quem sabe o fim não seja nada e a estrada seja tudo”.

É isso. O que conta, no fim de tudo, é a trajetória que percorremos. Muitas vezes, o grande objetivo pode ser algo inatingível, distante. Só que isso não significa que seja impossível.

Ao longo deste percurso, somos agraciados com pequenas vitórias. Aquelas conquistas que nos estimulam a continuar persistindo em busca do nossos sonhos.

Pequenas vitórias precisam ser reconhecidas

Muitos estudiosos apontam que reconhecer essas pequenas vitórias é fundamental para a conquista do objetivo final. É que elas funcionam como gatilhos mentais geradores de mais energia.

Cada pequena vitória reconhecida, constatada fazem a gente recuperar o fôlego, a energia para continuar prosseguindo. Charles Duhigg, no livro O Poder do Hábito, faz uma defesa enfática desta fase do percurso.

Este site aqui, explica: “Precisamos introduzir o hábito de celebrar estas pequenas conquistas. Não espere por algo grandioso para celebrar. Procure visualizar e reconhecer que houve pequenos avanços. Esta atitude irá proporcionar um incremento no seu nível de confiança, e também possibilitará ganhar mais convicção para conquistas ainda maiores. Observe que a “confiança” é incremental, e é preciso pequenos passos para nos fortalecer e nos impulsionar rumo aos nossos sonhos e objetivos.”

Até mesmo nas conquistas afetivas, há vitórias pequenas. Nem sempre o amor acontece à primeira vista. Às vezes é preciso um pouco mais de tempo, investimento e sedução para que tudo dê certo.

Fique atento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.