Abandonar as amizades é um grande erro que muitos cometem. Ao iniciar um namoro, não é preciso se isolar e perder a individualidade. Mesmo nos dias de hoje, esta situação ocorre com muita frequência. Confesso: pensava que isso era coisa do meu tempo. Que nada.

Como já disse em outros vídeos, não existe uma fórmula para os relacionamentos darem certo. Entretanto, é possível elencar uma série de razões para que eles deem errado. Um deles é perder a individualidade, esquecer a própria vida.

As pessoas têm a ilusão que uma relação estável significa que os dois tornam um só. Eis uma grande falácia. Certo dia, na terapia comentei sobre a tal “metade da laranja”. A psicóloga me deu o maior puxão de orelhas e me mandou ir ao supermercado após a sessão. Eu deveria comprar algumas laranjas e cortá-las ao meio. Depois, tentaria juntar partes diferentes. Evidentemente que não daria liga.

ABANDONAR OS AMIGOS É UM ERRO

Um grande amigo meu me disse que muita gente esquece os amigos porque têm a certeza de que, se algo der errado na relação, eles sempre estarão por perto.

Eu concordo com ele. E continuo achando que isso é um erro. A gente não deve tratar mal que a gente ama, como eu gravei neste vídeo aqui.

Temos que cuidar bem dos amigos. Vai que de repente eles nos escapam, né? Até porque, os amigos são a família que a gente escolhe. Com eles não há cobranças. E principalmente por esta razão, precisam ser nossa referência de segurança e felicidade.

Não gosto de ser pessimista, mas os amores passam. Os amigos não, justamente porque não há cobranças excessivas. Arrisco até a dizer que é o amor em estado mais puro. Sem exigências, sem possessividade, sem exageros. A amizade é o bálsamo que refrigera a nossa alma.

E por isso precisam ser tão valorizadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.