A Lei do Amor era uma grande promessa. Mas a atual novela das 21 h tem vários problemas, não conquistou a audiência nem é comentada pelo público. Agora, já são favas contadas. Na semana passada, no momento em que a arquivilã Magnólia (Vera Holtz) foi desmascarada e, no dia seguinte, a prisão de Ciro (Thiago Lacerda) deram recordes de audiência. Mas nem isso será capaz de tirar a trama do limbo.

A atual trama das 21 horas era para ter estreado em janeiro. Por conta das “tintas” políticas, a Globo decidiu mudar a ordem e colocou Velho Chico no lugar. Entretanto, o viés político da trama não empolgou o público e o senador corrupto foi tirado da história. Foi para a cadeia e não se falou mais sobre ele.

O principal problema de A Lei do Amor é o excesso de personagens. E, desde o princípio, nada empolgou. Os grupos de discussão que a Globo sempre reúne para avaliar as tramas apontou uma novela confusa, sem um gancho principal. Pela primeira vez, o público rejeitou uma personagem portadora de câncer. A insuportável Letícia (Isabella Santoni) provocou a ira do telespectador.

A LEI DO AMOR: AUTORES TENTAM ACHAR UM RUMO

Por determinação da Globo, vários personagens foram desaparecendo. A trama ficou mais enxuta, centrada no núcleo principal. Porém, foram retirados justamente os tipos que poderiam gerar mais conflitos, algo tão necessário para cativar o telespectador. Matar a personagem de Regiane Alves (a Beth), tirar o protótipo de vilã, a Aline, tornar Letícia praticamente uma santa, transformar a ex-garota de programa Jéssica (Marcela Ricca) numa moça de família de um dia para o outro e eliminar a inveja de Bruno (Armando Babaioff), foram novos erros.

Também vejo um grande exagero na interpretação de atores tarimbados. José Mayer está risível em seu primeiro vilão de fato. Junto com Vera Holtz e Thiago Lacerda, dá um show de canastrice de primeiro nível.

Para mim, quem salva a novela é a ex-garota de programa Luciana. Grazzi Massafera mostra amadurecimento a cada personagem e tirar o folhetim das 21 horas da mesmice. Entretanto, a novela já é um caso perdido. E pela frente vem uma obra de Glória Perez, o que significa dizer que as séries do Netflix vão conquistar ainda mais público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.